7 de abr de 2008

Sinal

Línguas aladas na noite escura

voando pelo céu de abobadas

tímidas.

Lábios em ósculo pelejam nervosos

na atmosfera úmida da cavidade

viva.

2 comentários:

Gabriela. disse...

Obrigada pela visita.
Línguas aladas?
Isso soa interessante

lupeu lacerda disse...

gabi pensa
com meu pensamento
tem dias que penso que sou ela
noutros,
ela pensa que sou eu.
li, e imaginei:
porra! o cara botou asa numa língua...
que idéia do caralho!

um abraço meu camarada de trincheira.