9 de nov de 2008

Entre o bocejo e a baba

Pálpebras fatigadas não pedem licença:
fazem piruetas sobre as retinas cansadas,
deixam sonolentas as narinas flácidas,
e tornam-se rígidas sob a velha Crença.

E o horizonte, 
vai até onde a vista não alcança
some na escuridão em sono, sem medo
                                       sem dono

Escultura hiper-realista do australiano Ron Mueck

2 comentários:

Finim disse...

Praticamente duas esculturas né,
a escultura e o texto!
Massa, gostei!

fabiana disse...

Isso sou eu (não a escultura, é óbvio).
- Duas pálpebras pesadas maiores do que o corpo.