15 de jan de 2009

O canhoto esquerdo

Um rato roia a roupa do rei de Roma quando chegou um centurião e perguntou:
– O que fazes aqui, rato?
– Exerço o meu papel.
– E qual é o seu papel, rato?
– Não quebrar a dialética do trava língua.
O centurião, agora desajeitado, despiu-se e começou a roer com o rato.

O Soldado bebe, Marc Chagall

20 comentários:

Diego Nandi disse...

Hummm, vamos roer junto com o ratinho :)

Miguel disse...

Muito bom! Hahah E adoro o Chagall também! Valeu!

fabiana disse...

Não prometo roer a roupa do rei, mas roerei o que ele ruir (o que já é bastante, dadas as circunstâncias atuais do nosso reino brasilis). Depois, pensemos seriamente em reconstruir, se não for tarde demais.

fabiana disse...

E mais - isso me lembrou o discurso político de condução das massas...
(Adaptado): "Faça o que eu faço que eu te direi quem somos..."

Acho que viajei.

Georgio Rios disse...

VEi, eita que a antropofagia rola solta neste teu blog...Um mini insisivo e latente...

Antonoly disse...

Interessante esse surreal diálogo!

garota roller disse...

que criatividade!

slim shady disse...

Demorei pra entender.

amanda disse...

Muito cabeça cara...Apesar de naum entender, e ao msmo tempo entender, ai meus neurônios tão me matandu. Vou parar de raciocinar...
Blog masssa! Nota 10!
Bju...


XD

pendriveblog disse...

rssrrsrs, realmente, SEM FUNDAMENTO ...
post tudo a ver com o nome do blog.. rsrsrs

aceito sim... passa la no blog e pega o banner, ja peguei o seu, e estou atualizando no meu blog... rsrsrs
______
PEN DRIVE Blog
http://pendriveblog.wordpress.com/

Marcelo A. disse...

Rsrsrsrs!
Gostei muito...

Marcelo.
www.marcelo-antunes.blogspot.com

Leo Pinheiro disse...

Até chegar a entropia o ciclo da roeção não parará!

Bobagem com Mouse disse...

Muito legal o post,gostei!
Esse trava língua é muito bom,tenho um amigo argentino as vezes peço para ele falar...
ai eu fico me roendo de tanto rir!

http://oitentando.blogspot.com/

Kaline Vieira disse...

nossa... adoreeei esse post.
e adorei os outros do seu blog!
muito bom msm ^^

Silvestre Gavinha disse...

Não quebrar a dialética do trava língua é muito importante.
Roamos todos que a corda vai mais rápido.
Há poucos dias vi esse Chagal ao vivo.
É bem lindinho mesmo.
Como tudo dele.

30 e poucos anos. disse...

O centurião virou um rato? Ou ele só queria provar a roupa do rei?

[R.S FRIENDS' ] disse...

Belaa Históriaa.!



Hsuahusahs' .



http://entreeuvoce.blogspot.com/

Petite Femme disse...

já se ele tivesse encontrado três tigres tristes, garanto que os tornaria um pouco mais felizes.

bjs

Caio Rudá disse...

A trava-língua é uma instituição forte.

Acabar com ela representará uma enorme transformação na estrutura solidificada da sociedade moderna ocidental urbana. Também o sistema econômico capitalista sucumbiria e Lênin gritaria do fundo de seu túmulo, irônico, "adeus, Obama".

Saco Bolha disse...

Muito baca! Gostei daqui!!