13 de fev de 2009

Roy Ranger, o gatilho mais trágico d’oeste EM: O forasteiro

Cheguei na cidadela de San Policarpo no trem das sete para as quatro. Quando tropecei para fora da locomotiva não consegui distinguir os moradores dos abutres. Com a garganta mais seca que Gisele Bündchen na infância, me dirigi ao Saloon do Zé e pedi um mata-búfalo. Tomei o veneno num só gole e perguntei a um índio cego onde se encontrava o prefeito; ele respondeu: “Ali, cara pálida...”, e apontou o dedo a esmo.
Acabei esbarrando com o tal Jones Kalton, o prefeito, idiota por maioria de votos. O gorducho era tão estúpido que comeria o feno de seu cavalo e para se redimir deixaria o animal montar em seu lombo. Pedi a ele a permissão (como se isso fosse preciso...) para enjaular os bandidos de San Policarpo e tomei posse como novo xerife.


Tex Willer, Gian Luigi Bonelli e Aurelio Galleppini

11 comentários:

Anynha ^^) disse...

Olaa adorei mto seu blog
gostaria de pedir parceria..

http://garotas-amc.blogspot.com

Blog do disse...

bom texto men..

não curto mto esses textos..mas axei legal sim..

abraçoo1

*** I.C *** ** The One ** disse...

Texto muito legal... Agora fiquei curioso... Vai ter continuação??? Se tiver dá um toque ai...

http://usbagui100futuro.zip.net

Domingos Barroso disse...

Meu rapaz,
do começo já esbocei
um risinho de soslaio.
Distinguir abutres de gente.
índio cego apontando o dedo a esmo.
Uma dose de mata-búfalo é pinga letal.
O mais louvável da sua pena
é que no final você sai como se houvesse dito coisas tolas geniais.
De fato, geniais.
Abraços.

Anynha ^^) disse...

Ola seu banner ja esta no Garotas

fabiana disse...

Agora a saga do xerife! Vários bons momentos nesse...
Aguardo novos episódios :-)

Dellirium disse...

Gostei do jeito que você escreve! E ainda mais o fato de ser uma narrativa bem irreverente e leve...
A propósito, preciso incorporar "mais seca que Gisele Bündchen na infância" ao m eu dia-a-dia. Muito boa a expressão! Huahauahau

Beijos

www.a-rascunharia.blogspot.com

lupeu lacerda disse...

grande roy!
agora san policarpo terá lei
(ou nunca mais terá)
teremos tequilla?
putas bem vestidas?
marijuana sem agrotóxico?

usted is o cara man.

Caio Rudá disse...

Você tá virando popstar. Daqui a pouco sai as sequencias de filmes do detetivo Langdon, digo, Maxwell...

Homenzinho de Barba Mal feita disse...

Gostei do mini-conto. Acho que poderia ter se aprofundado mais. Mas mesmo assim ficou legal.

alexcarlomagno disse...

gostei do texto.. podia escrever uma história com mais fatos,mas gostei.

http://www.sitedetirinhas.blogspot.com/