20 de abr de 2009

Enchendo a latrina

Ato 1

Essa cena aconteceu na ala psiquiátrica do hospital Napoleão Bonaparte, mas poderia ter ocorrido em qualquer página de um livro de história do ensino fundamental.

(paredes azuis, teto vermelho, piso branco)

Obama: Você viu aquele avião passando? (franzindo a testa)
Bush: Não era um avião, imbecil! Era um super-herói enlatado fazendo campanha pro partido republicano.
Obama: Herói é? Quem pagará a recompensa?
Bush: Heróis não pedem nada em troca, nós é que lucraremos milhões de litros de petróleo.
Obama: Olha lá, olha lá! Bateu no prédio!
Bush: Não faz mal, aquela bosta entravava o transito mesmo.
Obama: Eu devia ter tirado uma foto. (fazendo cara de turista paquistanês)
Bush: Deixa isso pro Peter Parker, agora vamos rever o plano.
Obama: Certo, onde paramos?
Bush: Vai rolar uma crise, daí a gente se abre pra Cuba. É infalível! 
Obama: Afrouxaram a tua camisa de força? E se essa porra não der certo?
Bush: A gente chama outro herói, cara. Ou vi dizer que os coreanos querem ir pro espaço...
Obama: Acho que esse plano vai babar, tem um tal de Luiz Inácio que quer estragar nossos planos.

(pausa dramática)

Bush: É algum Alemão fazedor de holocaustos?
Obama: Muito pior, é brasileiro. Dorme no quarto treze.
Bush: Pretende abrir uma multinacional de jogadores de futebol na China?
Obama: Não, ele sofre de um mal grave: onde tem tsunami ele vê marolinha. 
Bush: Porra! (olhando pra a platéia) Haja tarja preta!
Obama: É... ele é o Cara!


Caricatura de A Batista

3 comentários:

fabiana disse...

hehehe
surreal - mas tão real...

Bittencourt disse...

haa! huehuehuehueheu

a caricatura foi ótima!

gostei bastante do blog, estou te linkando no Colher de Sopa (http://nexonde.blogspot.com/)

dê uma olhadinha pra ver se curte!

Bruno disse...

Gostei por demais daki...
vou linkar.. se quiser fazer o mesmo..