4 de mai de 2009

Auto-ajuda e Sonrisal

Veja bem, meu bem. Não deixe o dia virar noite. Não deixe o mar da sua esperança secar ao sol das desilusões. O sol. Sempre achei que os astros um saco. Quem disse que não haverá um domingo? Levante-se! Coma, beba, cante. Você está vivo. Viva! Mas não esqueça: sempre haverá um depois, por isso, tenha sempre a mão um efervescente. Coloque a vida num copo e deixe dissolver.

 A Criação do Homem, Michelangelo

4 comentários:

Wellington disse...

Que texto bacana hihihi! As vezes em aulas de História e Literatura dá vontade de escrever e pensar assim com liberdade sobre coisas desconexas que acabam por fazer sentido! Tipo: a vida é um herói que caminha rumo a evolução, cuja capa se arrasta apagando o caminho por onde passa! =)

Obrigado por comentar em meu blog NWB EX!

Abraços! =D

http://neowellblog.wordpress.com/

Linha Vermelha disse...

Digerindo...rs

beijos!

lupeu lacerda disse...

sempre maneiro
sempre voraz
mas, e principalmente:
com um efervescente na manga.
duca

hasta la vista

!Theo disse...

Valeu! Não tinha visto...sei lá. Que droga. Dislexia, eu acho.