20 de ago de 2009

O sopro

o fio espera o sangue
o aço corta o verbo
o samurai seguro
empunha o sabre
sozinho e cego




Pintura Ukiyo-e de Kuniyoshi retratando Miyamoto Musashi com duas espadas (Fonte)

4 comentários:

Jéssica Torres disse...

Tens, honestamente, o dom.
Sempre me ponho a divagar por minutos a fio a cerca dos teus textos. Sempre busco um significado meu, que tenha as minha particularidades, e que a mim se adapte, nessas tuas poucas linhas cheias de significados.

Georgio Rios disse...

Forte e incisivo.Um bom poema!!!

marcelo cajui disse...

Fala Thadeu!
to no aguardo de novas postagens.

abraço e bom meio de semana.

Mory Córdoba disse...

^^
o 'pequena Mory' faz todo sentido, uma vez que, eu ralamente sou pequena! hahaha...
e eu realmente curti seu blog!
e achei mto interessante vc falar do Piaget enquanto analisou meu desenho, já que, eu to no 3º ano de Psicologia e já estudei bastante Piaget... uAHUhauHA
MAS VALEU! Posta coisas novas p gente!
bjO!