30 de ago de 2010

Raio X

seminua
a moça passa
e meu olhar
transpassa
a sombra sua

Suite Geometria de la Mort, Joan Ponç
Disponível em: Ciudad de la Pintura

13 comentários:

Marina Carvalho disse...

Se eu fosse a mulher, cortava logo a ousadia. Onde sa se viu, um olho de fogo desse?

Veio do inferno foi?

gildeone disse...

Parabéns Ricardo. O olhar do poeta é certeiro, belo poema. Um verdadeiro Raio X da questão.

Caio Rudá de Oliveira disse...

Tás muito erotizado, garoto. Continue assim.

paká!

Lidi disse...

Adorei, Thadeu. Disse muito com poucas palavras. Gosto disso.

Georgio Rios disse...

Mais um Leminskiano da gema. Você dá o toque primordial ao poema seu.

Ricardo Thadeu disse...

Marina,

Menina. Como diz minhavó:" Ê inferno pra tê cão!"

Gil,

Valeu, amigo.

Rudá, Lidi, Georgio

100 vocês isso aqui não seria a mesma coisa. BrigadÚ!

Fabrício disse...

Passou de fininho e você nem viu.

^^



abraço

Ricardo Thadeu disse...

Fabrício,


você viu o vulto que não vi.

¡hasta!

Silvestre Gavinha disse...

Bem Baudelaire meu amigo.
Que prazer tua visita.
Obrigada pelo comentário.
Tua leveza e irreverência continuam contundentes.
Um abraço
Marie

Ricardo Thadeu disse...

Marie,

obrigado por tudo
e mais um pouco

¡hasta!

Walquíria Raizer disse...

seminua
a moça passa
e meu olhar
transpassa
a sombra sua
(despudorada sombra)

anita sereno disse...

seminua
a moça passa
e meu olhar
transpassa
a sombra sua

oi lindo...
poucas palavras
mas com muita sensualidade

Ricardo Thadeu disse...

Walquíria, anita

Essa sombra sem pudor, sensual passou e eu nem vi rsrsrs

até.