13 de set de 2011

Tabua, Carlos Tourinho de Abreu


Sinopse Oficial:
Clique na imagem para ampliar
“Com Tabua, Carlos Tourinho de Abreu revela num texto envolvente não apenas o seu talento como escritor, mas também um olhar crítico sobre o Brasil contemporâneo. Situando-se entre os anos 1980 até a atualidade, a narrativa possui muitas vezes tom de suspense, apresentando uma sequência de revelações que fazem o leitor ficar estarrecido.

Conta a história de Guina, recheada de reviravoltas, desde a sua infância marcada pela pobreza numa realidade de interior, até a vida adulta, mais confortável – porém, nem tanto – no universo metropolitano. Trata-se de uma grande denúncia que vem a mostrar que, apesar de o Brasil ter evoluído na aparência, essencialmente permanece o mesmo no jogo de interesses dos ruralistas que se intrometem vorazmente na política; na troca de favores; no individualismo e ambições desmedidos; no tratamento hostil e preconceituoso contra as camadas mais populares; na criminalidade encomendada, entre outros aspectos.

Contudo, o retrato que o autor delimita não é um apocalipse completo. Ainda se pode acreditar que existem pessoas de bom coração, a exemplo de personagens feito Seu Fran que, mesmo cerceados em muitos momentos, não deixam de praticar a bondade e a generosidade. Também se pode ter esperança quando vem à tona o amor puro e verdadeiro de personagens como Guina que, mesmo em instante de total desilusão e desespero, não perdem o sonho maior.”

3 comentários:

Carlos Tourinho de Abreu disse...

Obrigado pela divulgação caro Ricardo Tadeu!
Caso seu leitores queiram mais informações sobre Tabua, por favor cliquem aqui:
http://carlostourinhodeabreu.com.br/

Batom e poesias disse...

Boa dica, Ricardo.
Passsei para apresentar meu novo cantinho de crônica e convidá-lo para passar por lá e conhecer.

http://tudoeassunto-cronicas.blogspot.com/

bj
Rossana

Carlos Tourinho de Abreu disse...

Grande Ricardo!

LEIA O CAPÍTULO 1 de Tabua AQUI!

http://www.4shared.com/document/LZZoV3UV/Tabua_Carlos_Tourinho_de_Abreu.html